Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Acompanhado de Advogado, jovem que esfaqueou empresário em Parintins se apresenta a polícia.

Acusado de esfaquear no braço o empresário Jean Alencar, irmão da vereadora Maria Alencar, a Nêga (PSD), Eder Bruno Cecílio Machado se apresentou, acompanhado de seu advogado, nesta segunda-feira (05) a Delegacia Interativa de Polícia (3ª DIP) para prestar depoimento sobre a tentativa contra a vida do empresário.

Detalhes do depoimento não foi revelado, pois o crime será melhor estudado pelo delegado. “Os advogados do acusado mantiveram contato com a polícia civil e apresentaram o seu cliente (Eder Bruno) durante o dia de ontem (segunda-feira), para que prestasse esclarecimento a respeito do crime que ele praticou. Devido a falta da existência de flagrância, o acusado não pode ser mais preso, porém foi indiciado pela polícia”, explicou o investigador Erison Coelho, esclarecendo também que o crime por ele praticado (acusado) ainda será melhor estudado pelo delegado de polícia, pois Eder pode responder tanto por uma lesão corporal, como uma tentativa de homicídio ou por lesão corporal por homicídio tentado. Isso vai depender do laudo pericial que estamos aguardando.

“É o laudo pericial que vai definir a gravidade da lesão produzida. Caso a lesão tenha causado perigo de morte a vítima, o acusado responderá por tentativa de homicídio. Agora, a policia civil terá 30 dias para terminar o inquérito policial e encaminhar à justiça”, concluiu o investigador.

O Crime                                                                                         

O empresário Jean Alencar foi esfaqueado no braço quando trafegava em uma motocicleta na sexta-feira (02) pela rua Cordovil, centro, próximo a sua panificadora, localizada ao lado da escola estadual Sen. Àlvaro Maia. Socorrido por populares, Jean foi levado em um carro para a emergência do hospital Jofre Cohen, onde recebeu atendimento médico.

Segundo familiares da vítima, a causa da tentativa de homicídio pode ter sido por motivo passional, pois Eder Bruno é ex-namorado da jovem que atualmente namora o empresário. Possivelmente em decorrência de ciúmes, por não aceitar o fim do relacionamento, agrediu, tentando contra a vida do empresário.

Texto: Kedson Silva

Foto: Marcondes Maciel/repórterparintins.com

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.