Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Acusado de duplo homicídio ocorrido no antigo bar da Mariona é preso pela Polícia Civil em Parintins

Em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela 3ª Vara da Comarca de Parintins, investigadores da Polícia Civil (equipe Houston) prenderam na tarde desta terça-feira, (19) o autônomo Marcelo Azevedo Pinheiro, 26 anos, acusado do duplo homicídio que vitimou José Cláudio Lira Bruno e Dilcléia Xavier de Souza. A equipe foi comandada pelos delegados Everty Sandro Figueira Pereira e Alessandra Trigueiro Zacarias, delegados da 3° Dip de Parintins. A prisão preventiva é assinada pelo juiz de direito, Anderson Luiz Franco de Oliveira Lucas.

De acordo com a Polícia Civil, o crime foi praticado no dia 12 de março de 2018, por volta das 04h:10mim, na estrada Odovaldo Novo, no bar e restaurante Mayara (antigo bar da Mariona), durante a realização de um evento festivo no referido bar. Diversas pessoas encontravam-se na referida “casa noturna”. As investigações apontaram que no dia do fato, Marcelo e seu comparsa (que encontra-se foragido), chegaram no local em uma motocicleta Fan de cor preta, estacionaram, e o comparsa que está foragido, entrou no terreno ao lado do bar e efetuou o disparo com arma de fogo tipo espingarda, vindo a atingir várias vítimas, além das que foram a óbito. Em seguida, os acusados fugiram do município.

Diante de robustos elementos de informação coletados na investigação do caso, a polícia representou pela prisão preventiva do acusados e, preenchidos os pressupostos legais, quais sejam, a prova da materialidade, os indícios de autoria e a necessidade de acautelar a ordem pública, a justiça decretou a prisão preventiva de Marcelo Azevedo Pinheiro e outro acusado que está foragido.

Ante o exposto, os investigadores descobriram que Marcelo retornou para o município de Parintins, tão logo empreenderam diligências e conseguiram capturar o acusado na travessa Alberto Mendes, na residência de sua mãe.

O acusado irá responder pela prática do crime de homicídio, previsto no artigo 121, parágrafo 2°, III e IV do Código Penal Brasileiro (CPB). Ele será encaminhado para Unidade Prisional de Parintins, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Polícia Civil de Parintins
Acesse: www.policiacivil.am.gov.br

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.