Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Boi Caprichoso retoma edital de toadas para álbum volume 2

O concurso havia sido cancelado pelo presidente do bumbá, Jender Lobato, no mês de janeiro com a escalada da pandemia da Covid-19 no Amazonas que causou uma grave crise de saúde.

O álbum “Terra: Nosso Corpo, Nosso Espírito – Volume 02” volta a ser trabalhado pelo Boi Caprichoso, com o lançamento de novo edital para a escolha de 12 obras musicais dos gêneros livres ou genéricas. O concurso havia sido cancelado pelo presidente do bumbá, Jender Lobato, no mês de janeiro com a escalada da pandemia da Covid-19 no Amazonas que causou uma grave crise de saúde pública.

Com a diminuição dos casos e desocupação dos leitos dos hospitais, a diretoria do Boi Caprichoso sentiu segurança para retomar as atividades com foco na escolha das novas toadas. As composições serão inscritas e recebidas no período de 14 a 25 de abril pelo e-mail [email protected], junto com as documentações exigidas no edital n. 005/2020 – Prêmio Feliciano Lana da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas, por meio do Governo Federal através da Secretaria Especial da Cultura.

Para evitar aglomerações, como medida de proteção à contaminação da Covid-19, o Boi Caprichoso recomenda as gravações das toadas em formato voz e violão. O bumbá alerta que os compositores, caso desejem produzir as toadas em estúdio com arranjos e voz, devem obedecer todas as regras sanitárias estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde, decretos estaduais e municipais.

O presidente Jender Lobato diz que o Boi Caprichoso respeita as medidas determinadas pelas autoridades de saúde. “Regras devem ser cumpridas. Nós aprovamos esse projeto na Lei Aldir Blanc, através do nosso conselheiro de arte, Márcio Braz, para a gravação do álbum volume 02. A partir de agora, reabrimos as inscrições para os compositores participarem. Abrimos, depois de muitos anos, para os compositores apresentarem toadas voz e violão”, explica.

O dirigente ressalta que a abertura para a inscrição de toadas gravadas voz e violão é uma estratégia pensada por conta das dificuldades da pandemia na vida dos artistas, no caso os compositores. “A gente sabe que as pessoas estão passando por momentos financeiros bem complicados. Pensamos nisso para evitar o custeio das gravações dentro de estúdio. Tenho certeza que faremos um grande álbum musical”, confia Jender Lobato.

Link para acessar o edital:
https://drive.google.com/folderview?id=1-3904zsucd0T1HgF3-cU_3GTk_3xNFj8

 

Texto: Gerlean Brasil

Foto: Assessoria

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.