Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Boi de Rua Online: Caprichoso usa tecnologia para manter viva a tradição 

Conforme o diretor de eventos do boi, Wiliam Muniz, a produção se adaptou às condições exigidas pelas autoridades de saúde.

A maior live de boi-bumbá, em clima de São João, com um repertório de toadas antológicas, cantores oficiais, itens individuais e muitas surpresas, é preparada pelo Caprichoso para o dia 20 de junho. Uma mega produção foi montada no complexo do Curral Zeca Xibelão para a transmissão ao vivo da festa pela TV A Crítica, exclusivamente a Parintins, e canal do Boi Caprichoso, no YouTube, aberto aos torcedores azulados do mundo inteiro. 

De acordo com o presidente do Boi Caprichoso, Jender Lobato, a live será um momento para a galera azulada matar a saudade das toadas que marcaram gerações e a história do touro negro, imortalizadas nas vozes de Arlindo Jr, do Canto da Mata e do Grupo Azul e Branco. “Mesmo em um momento diferente, apostamos nas novas tecnologias para levarmos muita alegria às casas das famílias e apaixonados pelo nosso boi em cada lugar da terra”, assegura.
  
O presidente do Conselho de Artes, Ericky Nakanome, acompanha cada detalhe da organização do evento voltado às raízes do Boi de Parintins. “Pelo Calendário Oficial 2020, 20 de junho seria o dia do nosso Boi de Rua em que o Caprichoso sairia para visitar as casas, em agradecimento aos nossos sócios, torcedores e brincantes, mas infelizmente veio a pandemia. Essa live é um presente para a nação azul e branca relembrar as nossas tradições”, ressalta.

Conforme o diretor de eventos do boi, Wiliam Muniz, a produção se adaptou às condições exigidas pelas autoridades de saúde. “O público pode esperar nada mais do que algo espetacular, como sempre, com cada detalhe pensado minuciosamente para atender as expectativas do torcedor. É uma satisfação, para todos nós, proporcionar um trabalho de alta qualidade para quem não pode abraçar e ter o prazer de boi-bumbá no curral ou nos eventos lotados”, frisa.   
 
O tripa Marquinhos Azevedo vai dançar com o Boi Caprichoso para levantar o astral da nação azul e branca, com saudade do festival de Parintins. “Esse ano, a gente como artistas, fica triste e lembra do galpão, onde estaríamos a todo vapor na contagem regressiva para a primeira noite de apresentação. Eu tenho certeza que depois que passar tudo isso e todos estiverem seguros, vamos ter uma grande disputa na arena nunca antes vista”, destaca.

Texto: Gerlean Brasil
Foto: Arleison Cruz

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.