Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Câmara realiza Audiência Pública para discutir prestação de serviços da Amazonas Energia em Parintins

Ao comando da Presidente da Câmara em Exercício, Vereadora Vanessa Gonçalves (PP), a discussão contou com a presença de Vereadores, Prefeito Municipal, secretários e coordenadores municipais, autoridades civis e população em geral.

A Câmara Municipal de Parintins realizou nesta quinta-feira, 23 de setembro, uma Audiência Pública com o objetivo de discutir e debater assuntos relacionados à prestação de serviços da Empresa Amazonas Energia no município de Parintins. Ao comando da Presidente da Câmara em Exercício, Vereadora Vanessa Gonçalves (PP), a discussão contou com a presença de Vereadores, Prefeito Municipal, secretários e coordenadores municipais, autoridades civis e população em geral.

A mesa de trabalho foi composta também pela Vereadora Brena Dianná (PSD), autora da propositura; pela Defensora Pública Renata Visco; Defensor Público Gabriel Herzog; Gerente do Departamento Técnico da Empresa Amazonas Energia, José Humberto Miquiles; Gerente Administrativo e Comercial do Interior da Empresa Amazonas Energia, Fernando Amazônidas e pelo Prefeito da cidade de Parintins em Exercício Mateus Assayag (PL).

Os Vereadores Afonso Caburi (DEM), Márcia Baranda (MDB), Massilon Cursino (Republicanos) e Telo Pinto (PSDB) também participaram do debate. Autora da propositura, a Vereadora Brena Dianná destacou que o fornecimento de energia elétrica é uma demanda rotineira em todos os lugares da cidade e zona rural. Segundo ela, há anos a população parintinense faz inúmeras reclamações e exigências pelas constantes interrupções de energia na rede pública, prejudicando milhares de famílias. Para Brena, o propósito da audiência é conversar com os representantes da empresa em busca de soluções para garantir a melhoria da qualidade do serviço disponibilizado pela Amazonas Energia.

O Gerente do Departamento Técnico da Empresa Amazonas Energia, José Humberto Miquiles, ressaltou que a Empresa participa da audiência com a maior boa vontade para esclarecer situações de forma transparente. “Estamos abertos a ouvir todas as demandas e trazer respostas, nos comprometendo com prazos para responder o que não pudermos esclarecer agora. Através dos Vereadores, temos a oportunidade de chegar até os o cliente, melhorando esse canal de comunicação”, disse.

Fernando Amazônidas, Gerente Administrativo e Comercial do Interior da Empresa Amazonas Energia, afirmou que as áreas pertencentes à concessão passam por grandes transformações. “A distribuição desse serviço não é fácil, mas nossa luta é diária e constante para distribuir energia em meio a floresta amazônica, principalmente ao interior do Estado do Amazonas”, comentou.

A Defensora Pública Renata Visco destacou que o assunto é alvo de muita preocupação entre os Defensores, pois trata-se de um serviço essencial e que possui diversos pontos de um mesmo problema, como poluição sonora, poluição do ar, danos ambientais, risco de incêndio, funcionamento sem licença ambiental e inúmeras interrupções do serviço de energia elétrica. Renata Visco frisou a importância da audiência no sentido de elaborar um plano de solução.

Diversas manifestações aconteceram no decorrer da Audiência Pública. Morador da Comunidade Bom Socorro do Zé Açu, o Senhor Naziano Muniz apresentou as problemáticas enfrentadas pelas famílias desta localidade sobre as constantes falhas no fornecimento de energia elétrica. Dentre elas, informou que os alunos do turno noturno são prejudicados com a falta de energia e por dias ficam sem atividades escolares.

No exercício da Presidência do Poder Legislativo, bem como presidente da Comissão de Defesa do Consumidor na Câmara, a Vereadora Vanessa Gonçalves enalteceu estar alerta em busca de soluções para essa problemática que atinge às famílias tanto da zona urbana como rural.

O Prefeito da cidade de Parintins em Exercício, Mateus Assayag, citou pontos como a importância da continuidade e agilidade na expansão da rede de energia elétrica na sede da cidade e interior; transbordo de combustível; serviços de manutenção da rede na zona rural e a situação do final da Rua Coronel Araújo, via que sofre danos estruturais causados por caminhões que prestam serviços à empresa fornecedora de energia elétrica no município.

Dessa forma, Mateus Assayag propôs a elaboração nesta audiência de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), como compromisso oficial da Amazonas Energia, para resolver a questão desta via, inclusive com a breve recuperação da malha viária. “Parintins está em expansão e isso faz com que essas cobranças aumentem. Precisamos garantir celeridade e qualidade na prestação dos serviços de energia elétrica”, comentou Assayag.

Todas as propostas apresentadas e discutidas nesta Audiência Pública serão encaminhadas à Empresa Amazonas Energia e às demais instituições e órgãos competentes.

 

Texto: Mayara Carneiro – Assessoria de Imprensa da CMP

Foto: Simone Brandão

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.