Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Com Indicação, Telo Pinto solicita transferência da sede do Pelotão Mirim para a Universidade do Folclore Paulinho Faria

Trabalhar cidadania em crianças com vulnerabilidade social. Este é um dos propósitos do Pelotão Mirim, um projeto da Polícia Militar do Estado do Amazonas no município de Parintins. O programa social vai completar duas décadas e foi implantado pelo então Capitão Fábio Pacheco, hoje Coronel. Parintins foi a cidade piloto do projeto, de acordo com o Comandante do 11º Batalhão, Tenente Coronel Corrêa Júnior. Atualmente, o projeto atende 250 crianças, na faixa etária de 07 a 12 anos. O espaço atual já não comporta as atividades para este quantitativo, além de que a intenção é ampliar o alcance de atuação.

Em sessão ordinária nesta terça-feira (22/10), o presidente da Câmara Municipal de Parintins, vereador Telo Pinto (PSDB), apresentou a Indicação 102/2019 ao Poder Executivo Municipal para que estabeleça parceria com a Universidade do Folclore Paulinho Faria, por intermédio da Associação Folclórica Boi-Bumbá Garantido, com a finalidade de utilização da referida universidade para funcionamento do Pelotão Mirim.
“Observamos que a Universidade do Folclore está em suas atividades paradas, sem que haja nenhuma utilização pela Associação. Esta propositura visa solicitar da Prefeitura de Parintins para que possa realizar uma parceria, juntamente com estas instituições, para que assim possa ser dada a continuidade das atividades do Pelotão Mirim, até mesmo a reabertura das oficinas que vinham sendo realizadas na Universidade do Folclore Paulinho Faria”, justificou.

O Pelotão Mirim já tem o apoio da Prefeitura por ser um projeto social de extrema importância para o município, porque visa tirar da ociosidade inúmeras crianças e até mesmo afasta-las de ilicitudes. Logo, a propositura foi aprovada por unanimidade.

Os benefícios que Parintins vem recebendo e o reconhecimento de parlamentares, bem como de outras cidades referente às inaugurações de obras no município também foi pautado pelo parlamentar. Outro assunto abordado remete à Abertura da 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, na noite de segunda-feira (22/10). Na ocasião, Prefeitura Municipal e Tribunal de Contas assinaram o documento denominado Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) para solucionar o problema da lixeira pública.
Parintins é o primeiro município do interior do Estado do Amazonas a assinar o termo. Em um evento significativo para a cidade, o cerimonial responsável cometeu a grave falha de não listar para a Mesa de Autoridades a representação da Câmara Municipal de Parintins e nem citar a presença de vereadores. O fato foi motivo de crítica pelo parlamentar na tribuna.

Clely Ferreira/Assessora da CMP

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.