Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Comissariado de menores de Parintins denuncia ‘caos no porto’ e faz apelo à Marinha e Polícia sobre embarcações vindas da Capital

A denúncia foi feita pelo coordenador do Comissariado da Infância e Juventude de Parintins, João Vinícius Lago, nas redes sociais.

Enquanto o parintinense se resguarda, cumprindo as medidas de prevenção da Organização Mundial da Saúde (OMS) e os decretos municipais contra a proliferação do coronavírus (Covid-19), embarcações oriundas de Manaus desembarcam livremente em Parintins. A denúncia foi feita pelo coordenador do Comissariado da Infância e Juventude de Parintins, João Vinícius Lago, nas redes sociais.

Pelo menos quatro navios, Oliveira e Tavares (de Parintins) e dois do Pará (São Bartolomeu e Amazon Star) desembarcaram passageiros na madrugada de hoje (22) na cidade. “Temos fiscalizado a questão das crianças e impedido de viajar, mas com relação aos adultos não podemos fazer nada. Já pedi ajuda da vigilância sanitária, eles estão atuando, mas precisamos mais da Marinha e da Polícia”, apela João Vinícius.

Quanto a preocupação, João diz que estamos fazendo a nossa parte, temos um número muito grande de casos na capital e um caso confirmado aqui (Parintins) do Covid-19 e esses barcos todos chegaram hoje, inclusive, relatos que no Navio Oliveira vieram várias pessoas que estavam trabalhando em São Paulo. “O pessoal continua vendendo passagens, não tem como manter o controle, as pessoas chegam, desembarcam e simplesmente vão embora. Temos que tomar uma providência, aqui não há fiscalização, precisamos do apoio da Marinha e da Polícia”, reforça a denúncia.

“Hoje a autoridade maior é a vigilância sanitária e temos que respeitar as ações estabelecidas. Essas pessoas que vieram de São Paulo ninguém sabe se foi feito um controle em Manaus, em Parintins, não foi porque estávamos lá”, finalizou Lago.

Kedson Silva/Parintins Em Destaque
Foto: Reprodução Internet

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

1 comentário
  1. Cléo Diz

    Isso é palhaçada, cadê as autoridades?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.