Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Comitê de combate ao coronavírus de Parintins celebra sete altas de pacientes de COVID-19, recebimento de EPI e mais 28 mil reais em doação

O prefeito Bi Garcia agradece a todos que nos ajudam e também aqueles que ficam em casa.

Em reunião realizada na tarde desta segunda-feira (20), o Comitê de Combate ao Coronavírus do município anunciou que recebeu, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), 250 unidades de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), 28 mil reais doados pela Câmara Municipal de Parintins e a alta de sete pacientes curados de COVID-19 na cidade.

Na reunião estavam presentes o presidente do comitê, prefeito Bi Garcia, secretário de Saúde Parintins, Clerton Florêncio, a coordenadora de Vigilância em Saúde do município, Elaine Pires, além de médicos e diretores que comemoraram o retorno para a casa de mais sete pessoas curadas do coronavírus que estavam internadas no hospital Jofre Cohen. Os pacientes refizeram exames e com o resultado favorável foram liberados pela equipe médica do hospital. Além disso, o município recebeu mais 250 equipamentos de proteção individual (EPIs) destinados aos profissionais da saúde, sendo 70 para o hospital Padre Colombo e 180 para o Jofre Cohen (referência no combate ao COVID-19), além de R$ 28 mil doados pelo poder legislativo que será destinado a aquisição de máscaras para a população parintinense.

“Toda ajuda é sempre bem-vinda. Nossos profissionais da saúde precisam estar protegidos mais do que nunca. Os EPIs enviados pela UEA chegam com certeza para fortalecer nossa luta, luta que já devolveu mais sete pacientes curados para suas casas. O primeiro foi o menino David. Por outro lado vamos somar o recurso enviado pela Câmara para a compra de mais dez mil máscaras, ao todo vamos distribuir 30 mil para a nossa população carente, que muito precisa. Só temos a agradecer a todos que nos ajudam e também aqueles que ficam em casa”, destacou Bi Garcia.

Novas medidas

O Governo Federal determina que a partir de agora o paciente cujo o resultado do exame der positivo no teste rápido, deve iniciar o tratamento o quanto antes e assim ser posto nos boletins informativos publicados diariamente, somando ao número de positivos.

Com essa medida, haverão ajustes internos no modo de funcionamento do hospital Jofre Cohen com o objetivo de possibilitar o recebimento de mais pacientes

Texto e foto: Júnior Cabral/Secom

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.