Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Comunidade Nossa Senhora das Graças do Limão de Cima é pautada em Indicações do Vereador Telo Pinto

Em Indicação 270/2021, solicitou à Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que encaminhe Agente Comunitário de Saúde (ACS) para atuar em atendimento às 38 famílias ali residentes.

Andar nas comunidades rurais e ouvir demandas faz parte da agenda parlamentar do vereador Telo Pinto (PSDB). Semana passada, ele foi à Comunidade Nossa Senhora das Graças do Limão de Cima, onde conversou com os moradores e nesta terça-feira, 01 de junho, na sessão ordinária, defendeu demandas da localidade.

Novo prédio para a Escola Municipal Nossa Senhora das Graças. Essa foi a solicitação da Indicação 271/2021. O prédio atual é de madeira e foi construído na década de 90, na gestão do ex-prefeito Raimundo Reis Ferreira, quando era menor a demanda. Agora, necessita de mais uma sala de aula, pois tem 50 alunos matriculados. O pedido dos comunitários é que a nova escola seja edificada em alvenaria.

Em Indicação 270/2021, solicitou à Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que encaminhe Agente Comunitário de Saúde (ACS) para atuar em atendimento às 38 famílias ali residentes. A comunidade não dispõe deste profissional desde o ano passado. Sobre a questão de ACS, falou que a zona rural está com déficit desse profissional e pediu providências.

Ainda referente à zona rural, pontuou a necessidade de melhoria na tecnologia de iluminação. Isto mediante a dificuldade apresentada do programa Luz para Todos. Ele defende a iluminação de LED com painel solar para as comunidades.

Apaixonado pela cultura parintinense, em particular o Festival Folclórico, declarou que esse seria o mês de preparação final para a festa, porém, por mais um ano não será realizado devido a pandemia. Comentou que é uma “perda gigantesca para Parintins, que tem a economia firmada no turismo”.

Finalizou com o saudosismo declarado hoje por muitos nas redes sociais, em trecho da toada do Boi Garantido, que “mês de junho chegou e a saudade apertou”.

 

Clely Ferreira/CMP

Foto: Simone Brandão

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.