Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Copa de futsal para surdos é exemplo de inclusão em Parintins

A equipe de Maués foi o grande campeão da disputa inédita no município.

Por meio da modalidade futsal, os surdos de Parintins e Maués puderam demonstrar sua capacidade, fortalecer sua autoestima e contribuir com a inclusão social, assim, foi a 1ª Copa Intermunicipal de Surdos realizada neste sábado, 11 de dezembro, no ginásio Elias Assayag, em Parintins. A competição foi organizada pela Associação dos Surdos de Parintins – ASPIN em parceria com a Prefeitura por meio da Secretaria Municipal da Juventude, Esporte e Lazer – SEMJUV, e da Pastoral dos Surdos.

O evento contou com a participação de mais de 30 atletas de Parintins e Maués, divididos em quatro equipes, e com a presença de professores da UFAM, UEA e da SEDUC de Manaus. A equipe de Maués foi o grande campeão da disputa inédita no município.

Membro da Delegação Amazonense com a equipe de basquetebol na Surdolimpíada, que aconteceu no mês de novembro, em São José dos Campos – SP, o Assessor Pedagógico na Gerência de Atendimento Educacional e Especial da SEDUC, Keegan Ponce, prestigiou a disputa e manifestou que “a gente fica muito contente com a organização desses jogos e tenho certeza que colheremos bons frutos com a prática dos surdos nas atividades esportivas. Temos que levar isso para dentro das escolas para que os surdos também possam participar e quem sabe serem futuros atletas”, destaca.

O professor da SEDUC enaltece que Parintins deu um passo muito grande para que futuramente possamos quem sabe ter uma competição oficial em Manaus para surdos. “A gente percebe o quanto o esporte surdo vem crescendo no nosso estado. Daqui a algum tempo, vamos ter atletas surdos aqui de Parintins podendo participar lá em Manaus conosco de competições ou nacionalmente”, ressalta.

A coordenadora da SEMJUV, Valdete Prestes, frisa que nesse evento “valorizando as diferenças”, “também estamos nos incluindo, porque não é apenas o surdo, estamos aprendendo a lidar como proceder na realização e na questão de arbitragem dentro de quadra. É uma experiência grandiosa que vamos buscar estender aos demais municípios que fazem parte do nosso pólo, Nhamundá, Boa Vista do Ramos e Barreirinha, já que Manaus já abraça a iniciativa junto conosco”.

Texto e fotos: Kedson Silva

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.