De olho no Sul-Americano, Parintinense integra grupo de atletas em Acampamento Nacional de Handebol

Davi Malcher é ex-goleiro da geração de ouro da escola São José Operário, pelo qual foi tricampeão estadual e duas vezes medalhista de bronze no brasileiro escolar

A lista oficial divulgada pela Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) consta o nome do goleiro parintinense Davi Malcher da Silva, 16, como um dos 70 atletas selecionados para participar do Acampamento de Desenvolvimento e Melhoria Técnica, na categoria cadete (14 a 16 anos), que acontecerá no período de 28 de novembro no Centro Nacional de Desenvolvimento do Handebol, localizado em São Bernardo do Campo/SP.

Disputando na categoria infantil (12 a 14 anos), o ex-goleiro parintinense de 1m95cm da escola São José Operário, pela qual foi tricampeão estadual e duas vezes terceiro lugar nos Jogos Brasileiros, passou por mais uma triagem defendendo o Centro de Treinamento Pró Esporte (CTPE) de Massaranduba/S, que é uma referência na cidade de Santa Catarina em revelar atletas para os Acampamentos Nacionais, competindo em meio a mais de dois mil atletas de todo o Brasil, nas fases regionais, avaliados pelos mais de trezentos professores.

A mãe de Davi Malcher, professora Aparecida falou sobre a divulgação do nome do filho para etapa final e disse “meu filho está muito feliz com o reconhecimento de sua dedicação como atleta. Sua expectativa é de poder marcar seu espaço na carreira do handebol, e sabe que para isso, precisa se esforçar ao máximo aproveitando essa oportunidade talvez única que Deus lhe presenteou, pois em meio a tantos jovens de todo o Estado de Santa Catarina que concorriam, apenas três foram escolhidos”. Sobre a participação no acampamento, a professora enaltece que “a sua responsabilidade é dupla, porque é um amazonense de alma, ungido pelo manto sagrado esportivo do Estado de Santa Catarina”.

O treinador Gustavo Rietter faz uma avaliação do desenvolvimento do parintinense nos treinamentos e afirma que “Davi tem plenas condições de participar na fase de treinamentos, pois tem uma excelente estatura e uma boa técnica”. O treinador objetiva que “o acampamento nacional servem principalmente para padronizar o modo que o handebol brasileiro é jogado e mapear novos talentos para a seleção brasileira de base, além de padronizar o modo como o handebol é jogado. Os acampamentos também servem para trocar de informações com os técnicos participantes como grande contribuição das Federações Estaduais, com escalação através de indicação de jogadores que apresentam bom desempenho na temporada”.

Texto: Kedson Silva/Semjuv

Foto: Federação Catarinense de Handebol – FCHb

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here