Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Dois assassinatos e um afogamento marcam final de semana parintinense

O domingo, 15 de setembro, do parintinense foi marcado pelos assinatos de Enéas Pereira, 46 anos, próximo ao campo do São Paulo; Adeilzon Valente Barbosa, 37, vulgo China, em Vila Amazônia, e pelo afogamento da acadêmica da Ufam, Andreza Maria Fernandes Gonzaga de 33 anos de idade, durante passeio na praia de Itaracoera no Rio Uaicurapá.

Segundo o médico Legista Jorge de Paula, Enéas Pereira morador da Rua 7 do Bairro da União, n°1124, foi morto com uma golpe de arma branca no coração atingido debaixo pra cima, além de sangramento na caixa torácica. O homícidio ocorreu na Rua 14 do Bairro Paulo Corrêa, na casa do pai da vítima e de acordo com relatos da família, em decorrência de um desentendimento com o atual namorado de sua ex-mulher, de nome Leandro.

No segundo caso de homicídio, atingindo a região da nuca ocasionando hemorragia cerebral, Adeilzon Valente o China, foi assassinado por dois homens com um tiro na cabeça quando aguardava uma embarcação para retornar à cidade, na gleba de Vila Amazônia. A Polícia Civil investiga o casos.

Afogamento

A auxiliar administrativa da Escola Municipal Guajarina Prestes e acadêmica do curso de Comunicação Social / Jornalismo na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Andreza Maria Fernandes foi encontrada morta por amigos durante passeio na praia de Itaracoera no Rio Uaicurapá.

De acordo com testemunhas, Andreza não sabia nadar e se afastou do grupo com quem estava em direção ao rio e desapareceu sendo encontrada depois de muita procura sem vida. No IML, o exame de necropsia contatou asfixia devido o afogamento sem sinal de ataque de peixes, a causa da morte da acadêmica.

Kedson Silva/Parintins Em Destaque

Fotos: Divulgação

 

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.