Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Dsei/Parintins e Conab entregam mais de 57 toneladas de alimentos a população indígena no Baixo-Amazonas

O convênio faz parte do Programa "Fome Zero", e já se encontra em sua 4ª Etapa iniciada no ano de 2017. Ao todo cerca de 200 toneladas já foram repassadas ao povo indígena nesse período

Em convênio firmado com Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei/Parintins) realizam a entrega de 2.295 cestas básicas com 25kg cada, totalizando mais de 57 toneladas em alimentos destinadas ao reforço alimentar de crianças indígenas de até 5 anos de idade, grávidas e idosos em risco de baixo peso no Baixo-Amazonas.

Em divisão feita pelo distrito, o munícipio de Maués receberá 957 cestas, Barreirinha 974, Nhamundá 107, Boa Vista do Ramos 82 e Parintins 175.

O convênio faz parte do Programa “Fome Zero”, e já se encontra em sua 4ª Etapa iniciada no ano de 2017. Ao todo cerca de 200 toneladas já foram repassadas ao povo indígena nesse período.

A logística de distribuição nas terras indígenas conta com o apoio da 1º Igreja Batista de Parintins que tem sido ao longo pandemia de fundamental importância as atividades desenvolvidas pelo Dsei/Parintins com a cessão de barcos, lanchas e pessoal de apoio, além do apoio da Prefeitura Municipal de Maués, que realizará o transporte das cestas para a área indígena do município.

“O Dsei/Parintins desde o início da pandemia tem se dedicado, tem se esforçado para levar os atendimentos as aldeias. Agradecer ao Governo Federal e a Sesai por essas contribuição ao nosso povo. Através da nossa luta estamos conseguindo enfrentar as dificuldades da pandemia”, destacou o presidente do Conselho Distrital da Saúde Indígena (Condisi), David Trindade Sateré.

As cestas básicas são compostas de 10kg de arroz Tipo 1, 4kg de feijão carioca Tipo 1, 2kg de açúcar cristal, 2kg de leite em pó integral, 2kg de farinha de mandioca, 2 kg de macarrão espaguete, 2 kg de flocos de milho e 1 litro de óleo de soja.

À frente do trabalho de distribuição das cestas está o servidor efetivo do Ministério da Saúde, Evaldo Leite, que no momento responde pela coordenação interina do Dsei/Parintins, em virtude de o coordenador titular José Augusto ‘Nenga’, encontrar-se em tratamento domiciliar, após ser hospitalizado por reinfecção pela Covid-19.

 

Assessoria Dsei/Parintins

Fotos: Divulgação

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.