Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Eleição 2020: “O povo precisa ser ouvido”, Gerson Almeida promete construir projetos ao lado do povo

Ele destaca que a sua principal bandeira de luta será trazer a população novamente para dentro do legislativo.

Ficha limpa e sangue novo na política para a disputa do pleito do dia 15 de novembro, Gerson Almeida busca uma vaga no legislativo de Parintins, manifestando que é filiado ao MDB desde 2014, seguindo a ideologia de luta do partido, contra tudo aquilo que não concorda no âmbito político brasileiro. “Seguindo a ideologia do meu partido, quero ser vereador, para que o povo de fato tenha voz junto às tomadas de decisões na Câmara. Chegou a hora do povo voltar a acreditar nos partidos políticos, porque existem pessoas de bem sim, e que podem fazer a diferença”, ressaltou.

Ele destaca que a sua principal bandeira de luta será trazer a população novamente para dentro do legislativo. “O povo precisa ser ouvido, pois é dos anseios da população que um vereador deve trilhar e fortalecer uma bandeira de luta”, enalteceu.

O candidato do MDB, de 46 anos, filho de pescador e carroceiro (Francisco Almeida o conhecido “Chico Amor” – In Memorian) e da dona do lar, Marina, afirma se caso eleito, ser assíduo, atuando com responsabilidade no legislativo. “Não é justo ser pago para estar ali e não comparecer. Um cidadão a se candidatar a um pleito, deve pelo menos saber a ‘lição de casa’. Os vereadores não são subordinados do poder executivo. O vereador é funcionário do povo!”, desabafa.

Funcionário do setor privado, ex-presidente do bairro Castanheira e ex-conselheiro de saúde, reafirma que “todos os nossos projetos serão feitos junto com a população, com as nossas demandas, oriundas de conversas e visitas in loco, nos bairros e comunidades rurais”.

Foto: Divulgação

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.