Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Em Parintins, Bois Mirins se apresentam na segunda noite das festividades Folclóricas

O evento ocorreu no Ginásio Poliesportivo e Cultural do Palmares “Seo Jovem”, com a apresentação dos bois Tupi e Mineirinho. Apenas o bumbá Estrelinha não conseguiu autorização judicial para se apresentar.

Na segunda noite das Festividades Folclóricas Parintins 2021, em homenagem ao Dia do Folclore, neste domingo, 22 de agosto, os internautas acompanharam a versão infantil do boi-bumbá, os bois mirins. O evento ocorreu no Ginásio Poliesportivo e Cultural do Palmares “Seo Jovem”, com a apresentação dos bois Tupi e Mineirinho. Apenas o bumbá Estrelinha não conseguiu autorização judicial para se apresentar.

O evento foi acompanhado pelo Ministério Público que realizou a fiscalização da documentação das crianças e adolescentes que estavam no local. Segundo a promotora Marina Maciel, o objetivo da medida é de garantir a segurança sanitária com relação ao coronavírus, além de resguardar os menores que participaram da live. Após apresentação dos documentos, o evento foi autorizado pelo Juizado da Juventude da Comarca de Parintins.

O presidente do Boi Tupi, Inaldo Lima, agradeceu a todos que trabalharam para levar o boi mirim para a ‘arena’ e afirmou que a associação pretende firmar parceira com os órgãos para evitar que esse tipo de situação ocorra novamente. “Foi um aprendizado. A partir de agora vamos firmar parcerias, chegar com a promotoria com mais antecedência em nossos planos de ações para nossas apresentações. Mesmo com tudo que aconteceu, conseguimos colocar o que preparamos nos ensaios, falando de nossas raízes e tradições. Só agradecer a todas as crianças, pais, colaboradores e organizadores do evento”, ressaltou.

O Boi Mineirinho, assim como o Boi Estrelinha ficaria de fora da live, mas com a ajuda da Secretaria de Cultura, juntou toda documentação e conseguiu autorização para se apresentar.

O presidente Sidney Barbosa que retornou ao cargo após 14 anos comenta sobre o ocorrido.
“Tivemos todo apoio da Secretaria. No nosso caso, foi que enviamos por e-mail a solicitação e não recebemos a decisão. Quando soubemos dos procedimentos, fomos chamados e, para nossa surpresa apenas o Boi Tupi estava autorizado a participar. Conseguimos reverter e fizemos um grande espetáculo, mostramos o nosso trabalho, que vai alavancar o Mineirinho para ser campeão no próximo festival”, disse.

A secretária de Cultura e Turismo, Karla Viana, lamentou a não participação do boi Mirim Estrelinha e destacou a importância da realização do evento para a cultura parintinense. “Mesmo com os imprevistos, a gente conseguiu cumprir o que tínhamos planejado, com exceção do Boi Mirim Estrelinha que não se apresentou. Foi um evento bonito, houve empenho dos brincantes para trazer o melhor para a live e o nosso papel é esse, valorizar a cultura, valorizar as associações que fazem parte das nossas festividades”, pontuou.

Em um trecho da nota publicada horas antes do evento, o município informou que “conforme cláusula Quarta, inciso II do Termo de Convênio firmado junto a SEC, a SEMCULT, comunicará os órgãos competentes os fatos ocorridos, bem como solicitará que seja analisada a possibilidade de execução, da apresentação do Boi-bumbá Mirim Estrelinha em data a ser designada em momento posterior”.

 

Secom

Fotos: Yuri Pinheiro

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.