Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Enem 2020: Barreirinha recebe elogios e reconhecimento pela organização dos locais de prova

Por determinação do prefeito Glenio Seixas, foram executadas a desinfecção total das salas de aula e dependências das escolas, o monitoramento de temperatura corporal com termômetro digital e rigidez no distanciamento social.

A preocupação com a segurança dos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), levou a Prefeitura de Barreirinha a intensificar os protocolos sanitários para evitar a contaminação por coronavírus nos locais de prova do certame, realizados no Amazonas entre nos dias 23 e 24 de fevereiro.

Por determinação do prefeito Glenio Seixas, foram executadas a desinfecção total das salas de aula e dependências das escolas, o monitoramento de temperatura corporal com termômetro digital e rigidez no distanciamento social.

“Não poderíamos deixar de garantir as medidas essenciais para que os candidatos pudessem fazer as provas com tranquilidade. O futuro de muitos depende do resultado das provas e esperamos que tenham saído bem, uma vez que o sonho de fazer um curso superior é o que todos almejam” , ressaltou Glenio.

Durante entrevista ao telejornal “Bom Dia Amazônia” desta quinta-feira, 25, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), Camilo Mussi, reconheceu o trabalho realizado pelo município. “O prefeito Glenio Seixas, junto com a secretaria de educação, em parceria com o Inep, liberaram a prova para os seus 1006 participantes, em uma cooperação que nós agradecemos”, finalizou.

Para a jovem Jessi Ribeiro Amazonas, apesar da alta abstenção nos locais de prova, todas as medidas protetivas foram seguidas corretamente. “Me senti bastante segura, pois como o pessoal da vigilância estava presente seguindo os protocologos de acordo com as regras. Em relação a prova, foi bastante tranquila, na sala que eu fiz a prova seguimos todas as regras de prevenção, distanciamento, uso de alcool em gel e máscaras, ocorreu tudo de uma forma bem organizada” , explicou.

Durante os dias do exame, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde de Barreirinha, disponibilizaram profissionais e equipamentos para auxiliar os candidatos na realização da prova, afim de evitar a disseminação do coronavírus.

“Nós aferimos a temperatura dos candidatos e aplicamos um questionário para saber se eles tiveram contato direto com um paciente de Covid-19, dessa forma vamos monitorá-los por mais duas semanas” disse o coordenador do Departamento Leopoldo Tavares.

 

Decom

Foto: Juliano Rocha

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.