Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Estudiosos do Carnaval elogiam contribuição da arte parintinense no Rio de Janeiro

Um dos carnavalesco da Viradouro, campeão do carnaval do Rio, Tarcísio Zanon, destaca que "os artistas de Parintins estão ocupando espaço não só nos movimentos, mas na escultura, pintura, decoração...".

A arte, a criatividade, a versatilidade e o talento parintinense são sempre destaques nos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro e São Paulo. A influência de Parintins nas agremiação carnavalescas é tanta que estudiosos do carnaval brasileiro da Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ, tecem intensos elogios aos artistas da Ilha Tupinambarana.

Durante o período de momo no Rio de Janeiro, a professora Pós-Doc da UFRJ e que coordenou o Estandarte de Ouro do Rio de Janeiro durante 27 anos, Dra. Helena Theodoro, visitou a Cidade do Samba para ver os trabalhos e, em especial, ver de perto a arte parintinense. A visita contou com participação do Instituto Cultural Ajuri, Inca, representado pela presidente Cláudia Helen, num rico intercâmbio cultural.

Os carnavalescos das escolas Viradouro, Portela e Salgueiro apresentaram seus projetos, alegorias e fantasias. Durante as exposições foram constantes e intensos os elogios aos artistas de Parintins. O gestor cultural e membro do Inca, Marcos Moura, participou desse intercâmbio e conversou com carnavalescos e acadêmicos. “Eles apontam a contribuição histórica dos parintinenses no carnaval do Rio de Janeiro, que mudou a estética, mudou a forma de fazer carnaval, sobretudo com as movimentações das alegorias”, ressalta.

Um dos carnavalesco da Viradouro, campeão do carnaval do Rio, Tarcísio Zanon, destaca que “os artistas de Parintins estão ocupando espaço não só nos movimentos, mas na escultura, pintura, decoração…”. Zanon tem artistas parintinenses na Viradouro e também elogia a arte criada pelos parintintins. “É uma contribuição enorme para o mundo do samba, principalmente, pra nós que somos artistas”, disse.

Doutora Helena Theodoro ministra cursos de carnaval por todo o Brasil e sempre aponta Parintins como uma referência inovadora na arte carnavalesca. “Foi realmente uma inovação para as escolas de samba. A modificação dos movimentos, a própria estrutura das alegorias se deve a Parintins. Temos vistos coisas incríveis que só a experiência e a espertize de Parintins nos permite ter. Então, a gente tem que agradecer muito a contribuição que toda arte de Parintins trouxe para o Rio de Janeiro”, finaliza.

Eldiney Alcântara

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.