Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Garotinho de Ouro

Acompanhe na página Cantinho do Poeta, a poesia do poeta popular Vitor Costa, em homemagem ao grande ícone do boi Garantido e do festival de Parintins, Paulinho Faria, que morreu nesta segunda-feira, 22, vítima da Covid-19.

Garotinho de Ouro
Por: Vitor Costa

O Parintinense mergulhou no choro
Com a partida do Garotinho de Ouro
Sua presença sempre era surreal
Ele dava vida ao nosso festival

Paulinha era sua paixão
Mas o boi Garantido
Morava no seu coração

E aos domingos de sol
Ele animava o nosso futebol

E na cidade era aquele sururu
Quando ele passava
Na charanga sangue azul

Era muito show
Era muita alegria
Assim vivia Paulinho Faria

Era muito show
Era muita emoção
Quando ele via
O Garantido campeão

Lê lê lê, lê lê lê
Lê lê lê, lê lê lê

Nesse grito de guerra
Paulinho Faria
Lembraremos de você.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.