Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Governador e Ministro da Saúde deixam Parintins, a segunda maior cidade do Estado do Amazonas, de fora do plano inicial de imunização para pessoas acima de 50 anos

Depois da capital, nessa segunda onda da pandemia, Parintins é o município que mais tem sofrido com o alto número de infecções, internações e transferência de pacientes graves para Manaus e outros estados, acometidos pela Covid-19.

Um Pólo do Baixo Amazonas que abrange 9 municípios em seu entorno, Parintins (369km da Capital – Manaus), é a segunda maior cidade do Estado do Amazonas, e está de fora do início do Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19 que atenderá a partir do dia 22 de fevereiro, a população acima de 50 anos de idade. A decisão foi informada na reunião de segunda-feira, 15/02, realizada no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), onde funciona o comitê de crise instalado pelo Ministério da Saúde (MS), em Manaus, junto ao governador Wilson Lima, o ministro da saúde Eduardo Pazuello e os 13 prefeitos da Região Metropolitana da Capital que receberão os imunizantes.

Depois da capital, nessa segunda onda da pandemia, Parintins é o município que mais tem sofrido com o alto número de infecções, internações e transferência de pacientes graves para Manaus e outros estados, acometidos pela Covid-19.

A aceleração do Plano Nacional de Imunização será feito de dois lotes dos dois laboratórios que já estão produzindo vacinas, o Butantan (Coronavac/Sinovac) e a Fundação Osvaldo Cruz (AstraZêneca/Oxford), no dia 22 desse mês e outros dois lotes que serão entregues no mês de março, em uma força-tarefa com a participação do Governo Federal, por meio do MS e Ministério da Defesa, do Governo do Amazonas e das prefeituras municipais, como meta, vacinar todas as pessoas desse grupo, nos municípios de Itapiranga, Careiro da Várzea, Careiro Castanho, Autazes, Rio Preto da Eva, Silves, Presidente Figueiredo, Novo Airão, Manacapuru, Iranduba, Itacoatiara e Manaquiri. De acordo com dados divulgados pela Prefeitura, somente Manaus deverá vacinar 267 mil pessoas nesse período.

Parintins é dono do maior festival a céu aberto do mundo com a festa dos bois Caprichoso e Garantido, além de fomentar a cultura de todo o país através do talento de seus artistas. Parintins não precisa ser lembrada só na realização do seu festival folclórico, nessa pandemia, Parintins também pede socorro…

 

Kedson Silva/Parintins Em Destaque

Foto: Reprodução Internet

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.