Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Grupos de trabalho da FVS em Barreirinha intensificam monitoramento contra a Dengue

Instalação de armadilhas e visitas domiciliares são fundamentais para evitar a procriação do mosquito transmissor da doença , principalmente no período chuvoso.

A Prefeitura de Barreirinha, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde, realiza ações para combater a proliferação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, entre elas está a instalação das ovitrampas, uma armadilha constituída por um vaso de planta preto, preenchido com água, que fica posicionado em um local que simula o ambiente perfeito para a procriação do inseto.

Para o agente de endemias, Raimundo Marinho, com o aumento das chuvas o trabalho com as ovitrampas permite um monitoramento mais próximo do comportamento do mosquito. “Realizamos esse monitoramento semanalmente, principalmente agora no período chuvoso, onde há maior manifestação de mosquito. Com a instalação das ovitrampas em alguns pontos da cidade a gente consegue saber onde o mosquito está presente, assim nós vamos direcionar as ações de forma mais precisa para esses lugares” explica o agente.

Na quarta-feira, 10, a equipe esteve monitorando a área do Centro da cidade, onde já foram encontradas larvas do mosquito. Ainda de acordo com o agente de endemias, Barreirinha ainda não tem registro de casos de dengue. “Não foi constatado nenhum caso da doença nesse período, mas a presença do mosquito transmissor existe e nosso objetivo é não deixar com que ele se prolifere” enfatiza.

A equipe do Departamento de Vigilância continuará realizando visitas casa a casa e em pontos estratégicos onde há lugares propícios a desova do mosquito. Vale ressaltar que o trabalho de combate ao Aedes é essencial para manter a cidade longe so risco da doença.

 

Ascom de BAE

Fotos: Divulgação

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.