Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Integrantes do PT rejeitam aliança em Parintins e protocolam  documento para candidatura própria 

De acordo com Gustavo Passaneli, o objetivo principalmente da ação é impedir a aliança do PT com partidos bolsonaristas, como o PSC e Patriota.

Integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT), Executiva de Parintins, protocolaram um documento no Diretório Estadual e Nacional, na manhã deste sábado (29/08), para que o partido reestabeleça candidatura própria no município.

O recurso, assinado por Gustavo Passaneli (Executiva Municipal), Joelma Messias (Executiva Municipal), Ivamilton Ribeiro (Diretório Municipal), Laíze da Silva (Diretório Estadual), Maria da Fé (pré-candidata a vereadora) e Alex Eduardo (pré-candidato a vereador), foi protocolado com base no artigo 13, inciso VII.

De acordo com Gustavo Passaneli, o objetivo principalmente da ação é impedir a aliança do PT com partidos bolsonaristas, como o PSC e Patriota.

O candidato do PT para concorrer à Prefeitura de Parintins, aprovado em encontro, era Joselito Pimentel, mas declinou da possibilidade de representar o partido do pleito, por isso os petistas devem escolher um substituto.

Nesta semana, o BNC publicou matéria onde afirma que PTB, PT e Patriota formalizaram uma aliança para a disputa da Prefeitura de Parintins nas eleições de novembro e, com isso, cinco partidos se uniram em oposição a Bi Garcia.

Inclusive, o acordo oficializado na manhã de quinta-feira, dia 27, recebeu o aval do presidente do diretório estadual do PT, deputado Sinésio Campos.

Fonte: Repórter Parintins

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.