Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Márcia Baranda participa do Programa Agora Parintins

Ela iniciou agradecendo ao povo os 1.589 votos que asseguram o direito de assumir uma cadeira na Câmara Municipal de Parintins.

A vereadora eleita Márcia Baranda (MDB), participou nesta segunda-feira ( 23) do Programa Agora Parintins, apresentado por Adelino Aguiar, canal 22, TV Norte, falando das perspectivas e do novo momento político.

Ela iniciou agradecendo ao povo os 1.589 votos que asseguram o direito de assumir uma cadeira na Câmara Municipal de Parintins. “Muito obrigada Parintins, estou muito feliz e meu compromisso é trabalhar e honrar cada voto”.

Questionada sobre a disputa majoritária e proporcional, Márcia disse que são eleições diferentes e que para vereador é mais difícil. “Em 2016 conduzi a campanha concorrendo com quatro candidatos e para vereadora disputei com 294candidatos”, explicou.

Ela foi perguntada sobre sua decisão de apoiar Bi Garcia e ter sido traída pelo grupo de oposição. “Alegando não ser só traída, também nós fomos preterida, não nos quiseram. Não tenho vergonha de dizer isso, tanto é que quando chegamos de Manaus demos uma coletiva sobre o assunto. Se tem uma coisa que sempre fui na minha vida é ser verdadeira. E principalmente na vida pública, você não precisa enganar ninguém. É assim que estamos construindo nossa vida pública”, disse.

Márcia revelou que recebeu um telefonema do prefeito Bi Garcia a convidando pra fazer parte de sua coligação. “Você precisa fazer a política do bem comum, sem ódio.
Até na vida particular você não precisa ter ódio. O prefeito Bi foi adversário, mas nunca inimigo. Eu tenho certeza que fiquei do lado certo. O prefeito Bi Garcia recebeu mais de 32 mil votos. Então fiquei do lado da população”.

Sobre percentual de votos, ela voltou a explicar. “Em 2016 eram quatro candidatos para uma vaga de prefeito e agora foram 21 candidatos para uma vaga de vereador, eleições completamente diferentes. Tive uma votação expressiva, estou muito feliz com o resultado e agradeço por ter sido a mulher vereadora mais votada”, agradeceu.

Quanto o apoio à gestão de Bi Garcia, ela disse que vai trabalhar ao lado do prefeito. “Parintins terá muitos investimentos, geração de emprego e renda é o que desejamos. Vamos trabalhar com diálogo, sabemos que ninguém é perfeito, mas não se pode fazer política do quanto pior melhor. Da mesma forma que o prefeito quer o bem de Parintins, eu também quero”, frisou.

Questionada sobre a disputa da presidência da Câmara, ela respondeu que seus projetos coloca sempre nas mãos de Deus. “Estamos fechando a prestação de contas, ainda não parei pra pensar nessa questão, mas não tenho vaidades, Deus é quem vai mostrar os caminhos”, afirmou.

Texto e foto: Assessoria

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.