Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Massilon propõe campanha para castração de animais domésticos com o uso do “castramóvel”

Para o parlamentar, com a castração, além de evitar doenças e prevenir tumores nos animais, a expectativa é diminuir o número de ninhadas indesejadas e, dessa forma, minimizar a abandono de filhotes nas ruas e o sofrimento animal.

O vereador Massilon Medeiros Cursino (Republicanos) sugere ao Governo do Estado do Amazonas, através da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA), em parceria com a Fundação Amazônia Sustentável (FAS), que promovam uma semana de castração cirúrgica de animais domésticos em Parintins, com o uso do “castramóvel”.

Segundo Massilon, a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a castração cirúrgica, que é um processo que visa o bem-estar animal e de fato traz resultados a longo prazo para a comunidade. A castração cirúrgica traz inúmeros benefícios para a saúde dos animais domésticos, reduzindo a probabilidade de doenças como câncer de mama em fêmeas e problemas na próstata dos machos, por exemplo.

Também é uma valiosa ferramenta para o controle populacional de cães e gatos. A castração é o método mais eficiente e ético para lidar com o problema de ninhadas não desejadas, evitando uma série de problemas ambientais como o abandono de filhotes e aumento do número de animais domésticos nas ruas.

O vereador comenta que os municípios de Manacapuru, Novo Airão e Manaus foram beneficiados pelo projeto “Apoio à Formulação, Implementação e Execução da Política Estadual do Bem-estar Animal e da Fauna Doméstica”, que percorrerá as ruas das cidades, realizando atendimento veterinário e fazendo a castração dos animais com o uso do “castramóvel”.

Para o parlamentar, com a castração, além de evitar doenças e prevenir tumores nos animais, a expectativa é diminuir o número de ninhadas indesejadas e, dessa forma, minimizar a abandono de filhotes nas ruas e o sofrimento animal. “O objetivo é criar um controle da população animal que vive hoje na cidade, além de educar e orientar as pessoas que possuem animais de estimação, portanto, indicamos ao poder público estadual que estude a possibilidade de estender o projeto, para o município de Parintins”, finaliza o edil.

 

Texto: Mayara Carneiro
Foto: Simone Brandão

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.