Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Médico analisa procedimentos adotados nas UCIs de Parintins e descarta a ausência de sedativos em pacientes

De acordo com o médico, a contenção mecânica é utilizada para a preservação da vida do paciente, uma vez que ela evita a retirada de cateteres, tubo orotraqueal e sondas pelo próprio paciente.

O amazonense Nestor Cordeiro Neto, que atua como médico intensivista em São Paulo, inscrito no Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CREMESP) nº 133421, divulgou um vídeo, em suas redes sociais, abordando sobre a contenção mecânica utilizada nas Unidades de Cuidados Intermediários (UCIs) do hospital Jofre Cohen. De acordo com o médico, a contenção mecânica é utilizada para a preservação da vida do paciente, uma vez que ela evita a retirada de cateteres, tubo orotraqueal e sondas pelo próprio paciente.

Com base no vídeo divulgado, que mostra um paciente contigo em uma maca, Nestor Cordeiro rechaça que ele estava sem sedativos. Segundo o médico intensivista, se não houvesse sedativos, o paciente estaria com alto nível de ansiedade e se debatendo.
Nestor Cordeiro salienta que a contenção não substitui os sedativos, mas é um mecanismo preventivo. A utilização dos medicamentos mantém os pacientes anestesiados, mas minimamente acordados.

 

Foto: Reprodução

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.