Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Moradores da Ocupação Pascoal Alaggio pedem ajuda da Câmara de Parintins

Prestes a completar três anos de apropriação de terras do loteamento Pascoal Alaggio, representantes da Ocupação procuraram a Câmara Municipal de Parintins em busca de solução para regularizar o caso. Na tarde dessa segunda-feira (15), sete Membros da Associação estiveram na Câmara Municipal. Eles conversaram com o presidente da Casa Legislativa, vereador Telo Pinto (PSDB), o vice-presidente, vereador Marcos da Luz (PRB) e a vereadora Maria Alencar (PSD).

Segundo Maria da Fé Ramos Pontes, membro da Associação e também do Conselho Municipal da Cidade, a conversa teve dois pontos: “com relação à questão social da ocupação” e o pedido de “intervenção para melhorar a dignidade daquele povo”.
“O que foi dito na reunião foi para esclarecimento sobre como poderíamos fazer daqui para frente”, disse o presidente interino da associação Edenilson Nogueira Lima.

Os representantes fizeram algumas solicitações. Entre elas, ação social – como distribuição de cesta básica e Kit Bebê, ação de saúde, serviço da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) para solucionar problemas de algumas valas, do Saae para melhorar o atendimento com água, e também que a Polícia Militar possa “fazer rondas noturnas, tendo em vista à criminalidade, o aumento do consumo de drogas e as bocas de fumo que se instalaram na ocupação”.

“É entendido que como é uma ocupação e é uma área particular, o município ainda não pode entrar com urbanização”, esclareceu o presidente da Câmara.“Eles estão sensibilizados e se propuseram a conversar com as Secretarias para que organizem ações”, reconheceu Maria da Fé.

Quanto à regularização, Telo declarou que “após o cancelamento da reintegração de posse, não houve nenhuma ação efetiva de como iria ficar a situação dos ocupantes, nenhum tipo de negociação formulada nem pela prefeitura nem pela família”.

Como resultado da reunião, Telo Pinto comunicou que os parlamentares se prontificaram em marcar uma Audiência com o prefeito Bi Garcia (PSDB) “até a próxima semana para tirar um indicativo de solução para aquela localidade”.

Texto: Clely Ferreira – Assessoria de Imprensa da Câmara

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.