Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Mulheres de Barreirinha recebem atendimento médico especializado em ginecologia e mastologia

Desde outubro já foram realizados cerca de 130 atendimentos, entre consultas e exames

O atendimento médico especializado faz parte de uma parceria público privado, entre a Prefeitura Municipal de Barreirinha e o médico Ginecologista e Mastogista Dr. Sebastião Marden. Os procedimentos iniciaram no mês de outubro deste ano e terminam neste domingo dia 6 de dezembro. Ao todo já foram realizados cerca de 130 atendimentos, entre consultas e exames ginecológicos e de mamografia.

Nesta última etapa os atendimentos ocorrem no sábado e no domingo (5 e 6), na UBS Giovana Gali e a expectativa é realizar mais 60 atendimentos, totalizando 190 durante os três meses de parceria.

De acordo com a coordenadora da UBS Giovana Gali, enfermeira Telma Cleonice Silva, o público alvo do serviço são mulheres com Idade entre 20 até 82 anos.

“Aqui o médico tem feito tratamento das mulheres com alteração do colo uterino e de mana. Todas recebem acompanhamento clínico e se necessário são encaminhadas para a realização de exames de imagem aqui mesmo no município, e em alguns casos são encaminhados para Parintins”, esclareceu Telma.

A agente de saúde Escarlates Araújo Marques, 28 anos, é uma das pacientes que buscaram o atendimento especializado. Há 11 meses ela descobriu um mioma e agora está fazendo o tratamento gratuitamente com a ajuda do município. “Muito bom ter esse médico aqui. É de suma importância, porque assim não precisa se descolocar pra Manaus ou pra outro município pra cuidar. Graças a Deus o meu não vai precisar de cirurgia. Já fiz todos os exames tudo de graça por conta da prefeitura. É dado todo acompanhado desde o atendimento até a viagem. Sou muita grata mesmo por tudo isso”, concluiu a agente de saúde.

A expectativa agora é para que a parceria tenha continuidade em 2021, e que além de consulta e exames, cirurgias também possam ser disponibilizadas para as pacientes que necessitarem de intervenção cirúrgica.

Texto: Valdir Torres

Foto: Semsa/Bae

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.