Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Plantio de Açaí consorciado na região do rio Andirá tem apoio da Prefeitura de Barreirinha

A Sempa com a assistência técnica e extensão rural dispõe de mudas e alguns materiais necessários para o produtor rural desenvolver novas técnicas na agricultura.

O projeto Cultivo do Açaí Consorciado desenvolvido pela Prefeitura de Barreirinha, por meio da Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento (Sempa), é uma oportunidade que produtores rurais do município estão tendo visando o crescimento da produção do fruto na região.

Acreditando no grande potencial para o desenvolvimento da cadeia produtiva local, neste sábado (05), a equipe técnica da Sempa esteve na propriedade do produtor rural Haraldo Beltrão (50), localizada no rio Andirá. A atividade foi voltada para prestar assistência técnica de acordo como demanda o projeto apresentado pela secretaria.

Haraldo resolveu cultivar mais de meio hectare de açaí do tipo DRS Pará. Como a área é consorciada com outras culturas, o produtor resolveu também plantar banana, macaxeira e abacaxi para que quando o açaí estiver em desenvolvimento, produções de ciclos curtos, ou seja, que finalizam o ciclo produtivo em até um ano, sejam colhidas.

De acordo com o engenheiro agrônomo Rafael Koide, o produtor recebeu assistência técnica desde o início com a vistoria da área, no qual foi aprovada pela equipe técnica da secretaria. “A ideia mais adiante é fazer um sistema agroflorestal onde possa entrar também outros itens não só da floresta, mas também de culturas de ciclo curto para amortizar o investimento que é feito”, disse.

O produtor Haraldo demonstrou confiança no projeto que está sendo implantado em sua propriedade. “Eu vi a boa intensão da Sempa em ajudar, disponibilizando insumos e toda assistência técnica. Acredito que depois de toda essa crise, o carro chefe do nosso município vai ser a agricultura e temos que apostar nisso”, finalizou.

A Sempa com a assistência técnica e extensão rural dispõe de mudas e alguns materiais necessários para o produtor rural desenvolver novas técnicas na agricultura. Neste primeiro momento a secretaria já implantou três projetos dos cinco que estão em processo, todos pré estabelecidos com o Plano Operativo para o setor primário local.

 

Decom da PMB

Foto: Divulgação

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.