Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Polícia Civil prende homem que assassinou sobrinho em Parintins

Policiais Civis de Parintins, sob o comando o delegado Everty Sandro Figueira Pereira, titular da 3ª delegacia Interativa de Polícia Civil de Parintins (a 369 quilometros de Manaus) prenderam na manhã de hoje (06), por volta das 05:30h, o agricultor Cleidemilton de Souza Teixeira, 46 anos de idade, residente e domiciliado na comunidade do Paraná do Arco, neste município de Parintins/AM.

Cleidimilton de Souza Teixeira é acusado do assassinato de seu sobrinho, Ailson Teixeira de Oliveira, 25 anos. O acusado, no dia 27 de outubro de 2018, por volta das 2 horas, na Ilha das Guaribas, comunidade Sagrada Família, zona rural deste município, efetuou um tiro de espingarda contra a vítima, vindo esta a óbito horas após, no hospital do município.

Segundo a Polícia Civil, responsável pela investigação do homicídio, os trabalhos investigativos apontaram que após a vítima ser atingida pelo tiro de espingarda, a mesma ainda conseguiu caminhar por mais de 20 minutos para pedir socorro na residência de um vizinho. Ali a mesma teria dito que o autor dos disparos foi o seu tio Cleidimilton. Em seguida, durante o transporte fluvial para município de Parintins para buscar auxílio médico, a vítima relatou para sua mãe, que o acompanhava na viagem, que o autor do disparo foi seu tio Cleidimilton, o qual lhe atirou com uma espingarda.

Após o cometimento do crime, o acusado não foi localizado pela polícia para responder pelo crime, ante o exposto, preenchidos os pressupostos legais, quais sejam, a prova da materialidade, os indícios de autoria e a necessidade de acautelar a ordem pública, a autoridade policial representou pela decretação de sua prisão preventiva, sendo esta decretada pelo Juiz de Direito da 3ª Vara da Comarca de Parintins, Exmo. Dr. Anderson Luiz Franco de Oliveira.

Cleidimilton de Souza Teixeira, irá responder pela prática do delito previsto no artigo 121 do CPB, parágrafo 2°, inciso O do CPB (HOMICÍDIO), e tão logo será encaminhado para Unidade Prisional de Parintins, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Polícia Civil de Parintins

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.