Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Polícia Militar prende jovem e apreende dois menores acusados de matar indígena em Barreirinha

O crime teria ocorrido no dia 31 de dezembro, na comunidade Molongotuba, no Rio Andirá, área indígena Sateré-Mawé.

Uma guarnição da Polícia Militar do 1° GPM de Barreirinha, composta pelo subtenente Carneiro Pinto, 2° sargento Efraim Ramos, 3° sargento J. Matos e o cabo Iano Machado efetuou a prisão de Efraim Miquiles, 20 anos, e apreendeu dois adolescentes, ambos de 17 anos, acusados de matar com golpes de terçado na cabeça o indígena Josias Miquiles, 20 anos. A prisão foi acompanhada pelo chefe da Funai de Parintins, Sérgio Butel.

O crime teria ocorrido no dia 31 de dezembro, na comunidade Molongotuba, no Rio Andirá, área indígena Sateré-Mawé, município de Barreirinha, a 330 quilômetros de Manaus.

De acordo com o subtenente Carneiro Pinto, conforme informações coletadas no local, os jovens estariam consumindo bebida alcóolica e cheirando gasolina quando ocorreu uma confusão generalizada.

Quando os policiais chegaram à comunidade, os três acusados não esboçaram qualquer reação. Eles já estavam à espera da condução até a sede do município. A ação policial foi realizada na segunda-feira (04/01).

Porém, como a delegacia de Barreirinha não está funcionando, devido à depredação ocorrida no ano passado, numa ação de populares que queria retirar à força um homem acusado de estuprar e matar a enteada de um ano e cinco meses, os acusados foram conduzidos até o 3° DIP/ no Município de Parintins.

Os acusados de homicídio vão ficar à disposição da Justiça.

Por: Jair Carneiro/Repórter Parintins.com.br

Foto: Divulgação

 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.