Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Prefeitura de Barreirinha envia corpo técnico da Sempa para prestar Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), aos produtores rurais

A Prefeitura Municipal de Barreirinha, por meio da Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento (Sempa), deu os primeiros passos para que o setor primário dê a volta por cima e volte a ter dias gloriosos. As medidas preliminares foram iniciadas com visitas técnicas para produtores rurais cadastrados na Sempa. Os profissionais da secretaria estiveram entre os dias 01 a 12 de março, visitando localidades nas regiões do Andirá e paraná do Ramos, onde a produção agrícola tem prosperado e dado ânimo ao trabalho dos agricultores.

A primeira visita da equipe da Sempa foi na Escola Indígena São Pedro (educandário que funciona em regime de internato que pertence a Diocese de Parintins e está localizado na área indígena do rio Andirá). Naquele local o secretário interino, Gilvan Seixas, conversou com o diretor da escola, Pe. Henrique Uggé, na qual foi manifestado a intenção de transformar a escola em um polo agrícola referência para a região. Acompanhados de dois técnicos residentes na escola a área que é utilizada para plantar e criar animais foi apresentada aos técnicos. Culturas como, açaí, mamão, hortaliças, mandioca e a criação de bovinos, suínos e aves compõe a área de produção rural da escola, ocupando cerca de 1,2 mil metros quadrados.

“A Prefeitura sempre foi presente na nossa EISP e o que é mais importante para incentivar as novas gerações a amar a própria terra é ensinando-os a plantar e cultivar, em nome da Diocese agradecemos a vontade que a Sempa demonstra ao querem implantar um projeto de agricultura em nossa escola, esse projeto vai engrandecer a vontade do povo interiorano e ampliar a visão positiva para alcançar melhores conquistas ao povo Sateré” , explicou Pe. Henrique Uggé.

Nos dias conseguintes a equipe da Sempa formada por engenheiro agrônomo, técnico agropecuário e zootecnistas passaram por Vila Cândida, Santa Maria do Lago Preto, Pedras, Agrovila do Caranã, Tutira, São Francisco das Piranhas, Sapateiro, Coatá, Freguesia do Andirá, Piraí, Boa Fé e São Paulo do Açú. Ao chegarem nas propriedades os técnicos puderam detectar possíveis problemas como, doenças ou pragas que atingem as plantações, após as observações foram repassados direcionamentos ao agricultor sobre tais situações.

Para o agricultor Bernardo Marques, produtor de pimentão no Distrito de Pedras, a importância da visita dos técnicos supre a necessidade de orientação que muitos produtores rurais não possuem. “Pra se produzir com qualidade na agricultura é preciso de conhecimentos específicos sobre determinadas culturas, em nosso plantio o técnico tem suma importância no direcionamento de como devemos agir perante situações como pragas, doenças e também no melhoramento da cadeia produtiva, é importante que o prefeito nos dê essa ajuda, desburocratizando muitas coisas que necessitamos para exercer a agricultura” , disse, Bernardo que espera ainda produzir ainda mais com a ajuda da Assistência Técnica.

A intenção da Sempa é voltada principalmente para que haja o aumento da produtividade no município com qualidade de produtos, o que irá garantir renda fixa para o agricultor fazendo-o apostar no crescimento da agricultura locar. Outras atividades assistenciais visando trabalhar mais próximo do produtor rural resultando no melhor suporte para o crescimento da cadeia produtiva do município serão constantes daqui pra frente, como foi direcionado pelo prefeito Glenio Seixas. Todos esses objetivos fazem parte do plano operativo montado, a ser executado nos próximos anos.

Assessoria de BAE

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.