Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Prefeitura de Barreirinha reforça ações de vigilância no principal acesso ao rio Andirá 1

O objetivo, segundo o secretário de Saúde Péricles Tavares, é manter o isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus (COVID-19).

Visando manter os registros de Barreirinha, sobre a covid-19 zerados e dar mais tranquilidade a centenas de moradores de comunidades do rio Andirá, a Prefeitura de Barreirinha, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e pela Fundação Vigilância em Saúde (FVS), enviou na tarde deste domingo (12), a Unidade Básica de Saúde Fluvial (UBSF) para próximo ao distrito de Barreira do Andirá, que será usada como barreira contra embarcações clandestinas vindas de Parintins e demais localidades.

O objetivo, segundo o secretário de Saúde Péricles Tavares, é manter o isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus (COVID-19). “ Recebemos várias denúncias de moradores da área rural sobre o grande fluxo de embarcações vindas para o município, com isso passamos a adotar medidas, bloqueando o tráfego para reduzir esse fluxo e frear a propagação do vírus”, disse.

Para o coordenador da FVS, Leopoldo Tavares, a barreira é uma estratégia muito forte que o comitê de enfrentamento de crise propôs. “ Estava entrando muitos barcos regatões sem ter nenhum controle, e com a montagem dessa barreira nós vamos ter esse melhor controle, fazendo triagem, se vamos autorizar ou não a entrada dessas embarcações”, relatou.

A equipe é composta pela Polícia Militar, Guarda Civil, além dos profissionais de saúde, que fiscalizarão e orientarão passageiros, donos de embarcações e moradores sobre a pandemia.

Decom BAE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.