Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Presidente da União Nacional dos Estudantes se encanta com o Garantido

O gestor convidou Bruna e comitiva para conhecer as dependências da Cidade Garantido. Bruna Brelaz ficou encantada com o primeiro contato com o Boi do Povão.

PARINTINS – A presidente da União Nacional dos estudantes (UNE), Bruna Brelaz, visitou Parintins (distante 369 Km de Manaus) na manhã desta sexta-feira, 29. Na ocasião, a líder do movimento estudantil foi recepcionada no aeroporto pelo presidente do Boi Garantido, Antonio Andrade. O gestor convidou Bruna e comitiva para conhecer as dependências da Cidade Garantido. Bruna Brelaz ficou encantada com o primeiro contato com o Boi do Povão.

Em entrevista, Bruna Brelaz, que é a primeira liderança do Norte do Brasil a assumir a presidência da quase centenária UNE, falou do orgulho de ser amazonense de Manaus e suas raízes em Parintins. Bruna é filha de pai parintinense e seu avô, Dércio Brelaz, nasceu na Baixa de São José e foi batuqueiro do Boi Garantido. “Fui recepcionada muito bem pelo Boi Garantido, que é um boi de resistência e tradição”, declarou.

Na coletiva, Bruna lembrou de suas raízes parintinenses. “Minha família é Brelaz e 90% deles são Garantido. Tenho afetividade com o Garantido inclusive desde criança ouço as toadas, principalmente as toadas de 1995. Quando ouço os versos ‘atenção minha galera vamos levantar bandeiras e balancear no ar…’ me toca profundamente”, recordou. “O Garantido está no meu coração”, destacou.

Convite

Entre as pautas da agenda da presidente da UNE em Parintins, está a formalização do convite para que o Garantido participe da Bienal de Cultura da UNE, que acontecerá em janeiro no Rio de Janeiro. “Vim aqui fazer um convite especial ao Boi Garantido, para que ele se apresente na Bienal de Cultura e arte da UNE em janeiro de 2023, no Rio”, afirmou. “Queremos apresentar a cultura amazonense como algo se constrói em defesa do meio ambiente e Parintins é o principal palco dessa cultura, dessa resistência”, contextualizou.

Brelaz aproveitou ainda para propor uma “relação profunda com os bois de Parintins”. “A cultura é um espaço importante de debate entre os estudantes por isso estamos propondo um encontro dos estudantes da Amazônia em Parintins que será um polo importante dos debates sobre meio ambiente e cultura e nós da UNE apoiamos porque entendemos que a Amazônia precisa ter voz”, ponderou.

O presidente do Boi Garantido, Antonio Andrade não só aceitou o convite como confirmou o Garantido na Bienal da UNE em 2023 “O Boi Garantido confirma desde já sua participação na Bienal porque entendemos que é fundamental estabelecemos diálogo com os estudantes do Brasil”, explicou. Além de responder ao convite, o gestor encarnado apontou para uma aproximação maior com a entidade. “Vamos estreitar parceria com a UNE porque temos as mesmas bandeiras de defesa do Brasil e da Amazônia”, finalizou.

 

Assessoria

Fotos: Paulo Sicsu

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.