Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Profissionais da saúde são os primeiros vacinados contra a Covid-19, em Barreirinha

O prefeito Glenio Seixas avisa a população que "a partir do momento que a Anvisa liberar a comercialização das vacinas, serei o primeiro a correr atrás do imunizante para toda a nossa população”.

Jovany Paula de Carvalho, servidora, técnica de enfermagem pertencente ao quadro de profissionais de saúde da Unidade Hospitalar Coriolano Cidade Lindoso, foi a primeira Barreirinhense vacinada contra a COVID-19.

Na solenidade de abertura da Campanha de Vacinação Contra a COVID-19, outros dois profissionais de saúde que atuam diretamente no isolamento destinado a pacientes com complicações do coronavírus, receberam a dose do imunizante CoronaVac: o médico Gilney Soares e a enfermeira Sandriane Lopes.

Representando o povo indígena Sateré-Mawé e a diversidade dos povos tradicionais que integram o município, a indígena moradora da Aldeia Vila Nova 1, Amonita Michiles, foi a primeira indígena imunizada com a primeira dose da vacina da CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantã em São Paulo em parceria com o laboratório chinês Sinovac. Por Barreirinha ter a maior população indígena do Baixo-Amazonas, a maior quantidade de doses foi destinado para a população indígena.

“Fizemos o start agora a pouco vacinando os primeiros barreirinhenses com a vacina CoronaVac, contra a COVID-19, na abertura da Campanha de Vacinação em Barreirinha. Aviso a população que a partir do momento que a Anvisa liberar a comercialização das vacinas, serei o primeiro a correr atrás do imunizante para toda a nossa população” afirmou Glenio Seixas.

 

Decom de Barreirinha

Fotos: Clemente Valente

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.