Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Projeto “Quebrando o Silêncio” alerta para violência doméstica e feminicídio em Parintins

A iniciativa, desenvolvida na manhã de sexta-feira, 21 de agosto, faz parte do Projeto “Quebrando o Silêncio” e teve como local o centro comercial de Parintins.

Um grupo de mulheres da Igreja Adventista do Sétimo Dia em Parintins realizou uma ação de conscientização com panfletagem sobre o alerta contra a violência doméstica e principalmente ao feminicídio. A iniciativa, desenvolvida na manhã de sexta-feira, 21 de agosto, faz parte do Projeto “Quebrando o Silêncio” e teve como local o centro comercial de Parintins.

De acordo com uma das coordenadoras do “Quebrando o Silêncio” em Parintins, Michelle Rodrigues, neste dia essa ação foi específica da Igreja Adventista do Sétimo Dia do bairro Itauna II, mas que todas as igrejas de Parintins estão envolvidas no projeto.

“Nosso objetivo é chamar a atenção para a questão do abuso e da violência doméstica. É um projeto educativo e de prevenção contra o abuso e a violência doméstica promovido anualmente pela Igreja Adventista do Sétimo Dia desde o ano de 2002”, destacou.

Quebrando o Silêncio

A cada ano um tema é escolhido para ser discutido e abordado com propósito de conscientizar a comunidade, denunciar abusadores e ajudar as vítimas. O tema de 2020 é o feminicídio.

A campanha se desenvolve durante todo o ano, mas uma das suas principais ações ocorre sempre no quarto sábado do mês de agosto. Este é o dia de ênfase contra o abuso e a violência, quando ocorrem passeatas, fóruns, escola de pais, eventos de educação contra a violência e manifestações. Por conta da pandemia do novo coronavirus esse ano a campanha é realizada com limitação de pessoas.

Texto e fotos: Marcondes Maciel

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.