Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Reconhecimento: Vereador Babá Tupinambá é presenteado por artista plástico pelo apoio e incentivo a cultura

A obra é uma mistura de cores usada pelas 16 etnias xinguanas habitadas na reserva", informa Mário Oliveira.

Por meio da obra artística denominada “Contemplação Xinguana” o artista plástico Mário Oliveira presenteou na quinta-feira, 27 de maio, o vereador Babá Tupinambá (PDT) em reconhecimento ao seu apoio e incentivo a cultura de Parintins. “Foi uma forma que em nome da Cooperativa dos Artistas Parintinenses (UNIART) encontrei para agradecer o apoio e o incentivo que o vereador tem dado a classe, principalmente nesse período pandêmico”. O parlamentar que também é presidente da Comissão de Cultura, Turismo e Artes da Câmara de Parintins tem dado apoio para produção e realização dos projetos dos artistas locais contemplados pela Lei Aldir Blanc e com apresentação de projetos junto ao Governo do Estado por meio do secretário Marcos Apolo Muniz.

O artista reitera que a valorização de Babá Tupinambá a melhoria da arte parintinense vem desde quando o mesmo era presidente do Boi Caprichoso, “o qual junto com os demais colegas artistas azulados por meio de um projeto inovador, conseguimos revolucionar o Festival e conquistar um bicampeonato (2017-2018)”.

Pelas redes sociais, o edil agradeceu ao artista Mário Oliveira destacando que é muito gratificante ver que os artistas parintinenses estão se qualificando cada vez mais e ganhando o seu espaço no mundo artístico Nacional. “Muito obrigado Mário Oliveira, parabéns pelo seu belíssimo trabalho!”.

A obra artística denominada “CONTEMPLAÇÃO XINGUANA”, sua dimensões 80×1 metro, foi usada a técnica Cologem de Plumas artificiais e sementes, um projeto Arte Motivação contemplado pela Lei Aldir Blanc “Prêmio Feliciano Lana”. “O Cocar Decorativo e Modurado foi idealizado em alusão aos 60 anos de homologação do Parque Nacional do Xingu, comemorado em março de 2021. A obra é uma mistura de cores usada pelas 16 etnias xinguanas habitadas na reserva”, informa Mário Oliveira.

 

Assessoria

Foto:Divulgação

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.