Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Sedema e Sempa participam de encontro no Núcleo do Barro requerido pelo vereador Telo Pinto

Como os moradores do Núcleo do Barro visam organização social como comunidade, o vereador Telo Pinto também levou a Técnica de Pesca Elizabete Gomes, representando a Secretaria Municipal de Pecuária, Agricultura e Abastecimento (Sempa).

Por motivo de denúncias sobre prática ilegal de pesca no Núcleo do Barro – comunidade Espírito Santo, região da Valéria, o vereador Telo Pinto (PSDB), requereu visita da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Sedema) ao local. Como resposta, em atendimento ao clamor de moradores, foi agendada uma reunião.

No sábado, 30 de outubro, o parlamentar foi ao local, acompanhado do responsável da pasta Alzenilson Aquino e a assessora da Secretaria Denise Dias. No trajeto, foi possível notar a dificuldade logística para acesso à localidade, que vem enfrentando problemas com pesca desordenada, com ameaças até de morte.

Alzenilson e Denise explanaram quanto crimes ambientais que estão sendo cometidos. Foi repassado sobre a Legislação. Citaram casos de irregularidades e as penalidades no descumprimento da Lei. Também tiraram dúvidas em relação à pesca.

Como os comunitários têm intenção de promover o ordenamento pesqueiro, a Sedema se dispôs a conversar com os organizadores do acordo proposto pela região do Paraná de Parintins e Gleba de Vila Amazônia, para verificar a inserção do Lago do Barro como parte do acordo de pesca que já está em tratativas, junto com o governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Meio Ambiente.

Como os moradores do Núcleo do Barro visam organização social como comunidade, o vereador Telo Pinto também levou a Técnica de Pesca Elizabete Gomes, representando a Secretaria Municipal de Pecuária, Agricultura e Abastecimento (Sempa). O objetivo foi esclarecer dúvidas referente às questões sobre a regularização fundiária ao orientar sobre encaminhamentos para legalização de seus lotes.

Na ocasião, ainda foram pautadas também dificuldades da vida do agricultor, como falta de recursos para condução de produtos, por conta do difícil acesso com ramais fechados, sobre criadores de búfalos que não prendem animais, os quais acabam quebrando plantações e destruindo capins dos demais.

Ciente das dificuldades, o vereador Telo Pinto se dispôs em buscar soluções às demandas relatadas, como membro da Casa Legislativa, principalmente no que diz respeito a buscar evitar os impactos ambientais.

Josino Santos, presidente da comunidade Espírito Santo, Região da Valéria, pontuou a importância da reunião, principalmente para a preservação do Lago. Agradeceu a iniciativa do vereador Telo Pinto em levar informação à população local, bem como colaborar nos anseios da comunidade, com o retorno do parlamentar às demandas requisitadas.

 

Texto: Clely Ferreira – CMP

Fotos: Divulgação

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.