SPF e Prefeitura de Parintins concluem entrega de títulos definitivos na zona rural

Numa ação de cidadania e de resgate da dignidade do trabalhador rural, a Prefeitura de Parintins e a Secretaria de Política Fundiária -SPF concluíram a sexta-feira, 28, a primeira etapa de entrega dos Títulos Definitivos a aproximadamente 500 produtores.

O vice-prefeito Tony Medeiros e a equipe da SPF foram à comunidade do Jacu, no Rio Uaicurapá, onde ocorreu o ato de entrega dos títulos para contemplados da Gleba Nossa Senhora do Carmo do Uaicurapá e Mamuru.

Estavam aptos a receber o documento gratuito 119 produtores e mais 58 de propriedades com mais de 100 hectares.“A entrega do título da terra ao agricultor é um ato de dignidade porque é um documento para toda vida. Em nome do prefeito Bi Garcia quero agradecer o governador Amazonino Mendes que em apenas um ano de gestão entregou 12 mil títulos de terras em todo o Amazonas, enquanto outros governos entregaram somente 2 mil”, agradeceu.

Também ressaltou o trabalho da equipe da SPF que se dispôs a visitar as comunidades mais distantes. A ação contou com o empenho dos técnicos José David Nogueira da Silva e Iza Leitão Sobrinho e Anne Katharine Lira.

Na quinta-feira, Medeiros e a equipe da Secretaria de Pecuária, Agricultura e Abastecimento (Sempa) já tinham participado do ato de entrega nas agrovilas de Mocambo e Caburi.

O secretário Edy Albuquerque agradeceu o empenho e o compromisso do prefeito Bi Garcia do vice-prefeito Tony Medeiros, do governador Amazonino Mendes e toda a equipe da SPF comandada pela secretária de Política Fundiária, Paula Kanzler que entenderam a importância da ação.“A entrega de títulos definitos das terras é acima de tudo uma ação de cidadania e de política pública voltada para o homem do campo. Testemunhamos a felicidade de homens e mulheres trabalhadores ao receberem os documentos. O agricultor Milton Teixeira Almeida de 82 anos, foi um dos que nos transmitiu sua emoção. Ele que mora no Mocambo há mais de 60 anos e esperou a vida toda pelo momento de receber a titulação da terra”, disse.

Edy afirma que ações como essa que marcam a mudança na vida do agricultor que terá regularizada sua terra, deixará de ser somente posseiro e passa a ser proprietário de fato e de direito de seu terreno. Além disso, estará documentado para pleitear créditos e financiamentos junto às instituições bancárias.“Estamos extremamente satisfeitos em poder contribuir com a concretização do sonho de muitas famílias rurais”.

No Mocambo a entrega contemplou 144 agricultores familiares e agrovila do Caburi 154 moradores.

Aqueles produtores que não conseguiram receber o documento nesta etapa, a Prefeitura e a SPF já estão definindo nova data para entrega a partir de janeiro.

Peta Cid/Secom Parintins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here