Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Telo Pinto destaca revitalização do Parque Luiz Lourenço de Souza, Feira Agropecuária e Estatuto do Servidor Publico

Revitalização do Parque Luiz Lourenço de Souza, Feira Agropecuária, Moção de Pesar e Estatuto do Servidor Publico. Estes foram temas tratados na tribuna pelo presidente da Câmara Municipal de Parintins, vereador Telo Pinto (PSDB), nesta segunda-feira (26).

Sobre a reforma do Parque, Telo elencou as inúmeras conversas para chegar ao valor de 576 mil reais para a obra. Referente à Feira Agropecuária, relatou a busca de parceiros para que não “seja apenas um evento social”, mas “de conhecimento aos produtores”.

Ao tocar no assunto, Telo enfatizou que o Governo do Estado entendeu “a importância do Setor Primário nos municípios do Estado do Amazonas”. “Sabemos que o modelo Zona Franca de Manaus está agonizando. Se não investirmos em outros setores, iremos naufragar e o número de desemprego no Estado vai ser muito grande”, analisou.

O parlamentar registrou Moção de Pesar pelo falecimento do tuxaua Laudelino Batista, aos 105 anos, ocorrido no dia 26 de agosto. A Moção foi em resposta a ofício dos indígenas para que tornasse público o trabalho do líder indígena.
“Seu Laudelino Batista foi um grande líder, fundou duas aldeias indígena – em Borba e Vila Batista, no Rio Uaicurapá em Parintins. Foi professor, conselheiro, contador de histórias, defensor das causas indígenas do Baixo Amazonas, pois lutou ativamente pelas políticas públicas voltadas aos indígenas, pela proteção da área ambiental dos indígenas, pelos incentivos que os indígenas sempre precisaram. O Tuxaua Laudelino, sempre foi um guerreiro na busca de melhorias e de benefícios ao seu povo Sateré-Mawé”, justificou.

Nos minutos finais de seu pronunciamento Telo reportou a todo o contexto acerca da possibilidade de votação de Projeto de Lei referente a mudanças no Estatuto do Servidor Municipal. O Projeto foi posto como sugestão de pauta para a sessão ordinária desta segunda-feira. “O Estatuto do Servidor do município de Parintins é de 1969, está totalmente desatualizado, precisa ser feita atualização. Mas, eu não podia, de forma alguma, retirar de pauta e devolver ao Executivo esse projeto. Por isso que eu propus, de comum acordo, estabelecer as comissões, para que todos pudessem ter voz, pudessem questionar, para que todas as representações pudessem ter um espaço onde pudessem colocar essa situação de pontos conflitantes a serem realmente exauridos”, ressaltou.

O presidente da Casa Legislativa elogiou a postura do vereador Maildson Fonseca (PSDB) frente ao assunto, que apresentou emendas para revisão do Estatuto “ao identificar pontos conflitantes”, com intuito de “encontrar a melhor forma de resolver a situação”.
“Jamais iremos nos furtar direito da discussão, do direito de dar aos servidores e aos munícipes a chance de questionar, de colocar e de se resolver as mais variadas formas. Ninguém aqui é para estar atrás de promoção pessoal em cima de uma ação, aquilo que nós queremos é fazer sempre o melhor para o nosso povo. Assim temos pautado em nosso mandato legislativo”, finalizou.

Clely Ferreira/Câmara de Parintins

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.