Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Vereador Babá Tupinambá destaca Ação de Saúde que já atendeu mais de 200 pessoas nas três comunidades anexas a Parintins

A ação é feita mediante todas as recomendações de prevenção a Covid-19 com o uso de máscara, álcool em gel 70% e respeitando o distanciamento social. Nesse tempo de pandemia, a população precisa ficar atenta na prevenção a doenças e aos cuidados com a saúde.

Com apoio do vereador Babá Tupinambá (PDT), as comunidades suburbanas de Parintins (Parananema, Aninga e Macurany), receberam durante a semana, atendimentos primários de saúde. Cerca de 230 comunitários foram atendidos com testes de glicemia, aferição de pressão arterial e temperatura, além de monitoramento da saturação que pode evitar agravamento de saúde em caso de infecção pela Covid-19.

O vereador destaca a parceria e a dedicação dos profissionais de saúde, Clinger Queiroz, Edna Mara Bentes, Lincon Baraúna (técnicos de enfermagem) e Dagoberto da Silva (técnico em laboratório). “Só tenho a agradecer a parceria e o trabalho desses profissionais por ter abraçado a nossa ação e levado atendimento primário a nossa população”, ressalta o vereador.

Babá Tupinambá também agradece os moradores das três comunidades por terem solicitado a ação e recebido bem sua equipe de trabalho e os profissionais de saúde. “O objetivo é levar a iniciativa para os bairros e as comunidades rurais. A ação é feita mediante todas as recomendações de prevenção a Covid-19 com o uso de máscara, álcool em gel 70% e respeitando o distanciamento social. Porém, nesse tempo de pandemia, a população precisa ficar atenta na prevenção a doenças e aos cuidados com a saúde”, enaltece.

Hospital Padre Colombo

O parlamentar também relatou sua visita ao hospital Padre Colombo na quinta-feira (04), onde constatou demora no atendimento pelo alto número de pacientes, decorrente da falta de um número maior de profissionais de saúde, principalmente médicos na unidade hospitalar. “Sei que nesse período pandêmico, os contaminados pela Covid-19 precisam de atenção especial, mas não podemos esquecer as pessoas que precisam de tratamento para outros tipos de doenças nos atendimentos de urgência e emergência que também prejudicam a saúde da nossa população”, conclui.

Assessoria
Fotos: Glenda Dinelly

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.