Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Vereador Telo Pinto apresenta Proposituras, fala sobre investimentos e alerta para Covid-19

Sobre investimentos, ponderou sobre o trabalho da Casa Legislativa. Nesse sentido, fez um retrospecto do que foi e está sendo feito pela Câmara de Vereadores durante a pandemia, inclusive, suspendendo o recesso parlamentar.

Duas proposituras do presidente da Câmara Municipal de Parintins, vereador Telo Pinto (PSDB), foram aprovadas na sessão ordinária desta terça-feira (18/08). As solicitações foram voltadas à zona rural.

Para comunidade Limão de Cima, a primeira do Paraná do Limão, solicitou construção de uma nova Escola Municipal Nossa Senhora das Graças, implantação do sistema Salta-Z e iluminação de LED Solar para o quadro da localidade. À comunidade Brasil Roça, requereu recuperação de todos os ramais, vicinais e estradas, bem como doação de um triciclo motorizado para auxiliar no escoamento de produção. Neste segundo Requerimento convidou o vereador Cabo Linhares para assinatura conjunta.

O parlamentar voltou a tratar sobre investimentos em Parintins. De forma particular sobre a Fazenda Municipal instalada na escola Tsukasa Uyetsuka, na Gleba de Vila Amazônia. Apontou que o local vai funcionar como centro de referência de estudos para aulas práticas de alunos de Zootecnia, Agropecuária, Agroecologia até mesmo de Engenharia Agronômica.

“Teremos acesso a várias tecnologias relacionadas à pecuária e daqui a bem pouco tempo também a agricultura. Será um local conhecimento técnico de práticas e, acima de tudo, de engrandecimento de um setor que tanto todos nós pedimos aqui nessa Casa, que é o setor primário”, frisou.

Retomou o futuro recebimento de mais 16 Sistemas Salta-Z e o anúncio por parte do Executivo de investimentos em educação, quando será construído e reconstruído, reformado e ampliado o prédio de todas as escolas na área de Várzea do nosso município.

Sobre investimentos, ponderou sobre o trabalho da Casa Legislativa. Nesse sentido, fez um retrospecto do que foi e está sendo feito pela Câmara de Vereadores durante a pandemia, inclusive, suspendendo o recesso parlamentar. “Nós fazemos parte do Comitê Gestor do Covid-19, onde os vereadores têm assento e participam ativamente das reuniões”, afirmou.

Dentro do tema, disse que tem sido debatida a possibilidade de retorno do Toque de Recolher para as 15 horas diante de números de casos. Tal retorno pode prejudicar a economia. Telo destacou que Parintins atende ainda pacientes positivados de municípios vizinhos e parte dos leitos estão ocupados por eles.

“A pandemia não acabou, mas, o que se observa nas ruas da cidade é que as pessoas acham que o vírus não existe mais. Ainda tem uma agravante em Parintins, quando a pessoa usa máscara não usa o capacete, quando usa o capacete não usa máscara. É difícil você encontrar usando os dois. Os dois são fundamentais”, ressaltou, evidenciando números.

O edil pediu consciência da população e reforçou o pedido para as medidas preventivas em ambos os casos. “O uso da máscara é essencial, o uso do álcool gel é essencial, a proteção individual é essencial para cada um de nós. O poder público municipal faz a sua parte, mas é necessário que a população também faça a sua parte e nos ajude a proteger todos nossos munícipes. Tem que ter o conhecimento e nos ajudar nessa guerra contra esse maldito vírus que já ceifou a vida de inúmeras pessoas. Temos que ter essa consciência e nos proteger, acima de tudo”, concluiu.

Clely Ferreira/CMP

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.