Parintins em Destaque
O Jornal Popular da Ilha

Vereador Telo reforça defesa para reforma, reconstrução ou construção de escolas em área de várzea

Em muitas comunidades, devido grandes enchentes, os prédios, principalmente pisos, estão deteriorados e precisam de atenção do poder público.

“Educação é o único viés para um futuro melhor para toda a nossa gente”. Esta afirmação proferida pelo vereador Telo Pinto (PSDB), na tribuna, na sessão ordinária desta terça-feira, 09 de agosto, teve como base o início do calendário letivo da área de várzea ontem, dia 08. Em muitas comunidades, devido grandes enchentes, os prédios, principalmente pisos, estão deteriorados e precisam de atenção do poder público.

O parlamentar indicou, em mandato anterior e reforçou nessa 18ª Legislatura, reforma e reconstrução de escolas na área de várzea, bem como construção nas localidades que ainda não dispõem de educandários. Ele reforça pedido de atuação imediata nessas melhorias para a recepção de alunos e comunidade escolar.

Defensor ferrenho do setor primário, ressaltou a necessidade de produção, pelo menos para o consumo interno do município. Com isso, argumentou a aposta em distribuição de sementes de culturas de pequeno ciclo – como melancia, feijão, milho, macaxeira, entre outras – a produtores rurais, para que o cultivo possa ajudar na renda familiar.

Telo classificou 2022 como “ano das retomadas” de manifestações folclórico-culturais em Parintins e outros municípios. No final de semana, por exemplo, após dois anos sem ser realizado devido a pandemia, aconteceu o 17º Festival Folclórico do Mocambo. Falou da genialidade artística e relembrou que, em passado não muito distante, as alegorias dos bois Garantido e Caprichoso também eram feitas em madeira.

O edil disse que é preciso incentivar e apoiar, cada vez mais essas manifestações, que geram dividendos às respectivas localidades. Pontuou, com agradecimentos, a destinação de emenda pelo deputado Tony Medeiros (PL).

Por fim, expressou satisfação em poder não apenas participar da festa, mas, sobretudo, em ter contribuído com os trabalhos para sua concretização. Enalteceu o trabalho da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) e a parceria da Associação das Tradições Culturais do Mocambo do Arari (Atracamar) na coordenação do evento.

 

Texto: Clely Ferreira/CMP

Foto: Simone Brandão

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.